2 de janeiro de 2017

25 Novas Séries a Não Perder em 2017

O novo ano ainda agora chegou, mas a Televisão já o anda a preparar há muito. Depois de um 2016 em que a HBO apostou nos cavalos certos (The Night Of e Westworld foram um sucesso, ao contrário de Vinyl que, para nós, merecia mesmo assim uma 2.ª temporada) e o FX mostrou ser capaz de ombrear com os gigantes do cabo e do streaming, graças a Atlanta e American Crime Story, 2017 tem tudo para ser várias coisas: um ano de resposta forte da Netflix com muitas séries originais novas, novas vinhetas para serem percorridas por super-heróis na TV (o espaço que nos parece mais adequado para as personagens da Marvel), e séries ou mini-séries com tendência para seguir formatos mais curtos (10 episódios, máximo), perdendo-se cada vez mais o formato 13 e sobretudo as séries de procedimento.
    Há um ano atrás lançámos 20 novas séries que mereciam uma oportunidade: constavam Vinyl, Westworld, Preacher, American Crime Story e The Crown mas também figuravam várias séries que se revelaram tiros ao lado; Stranger Things mereceu apenas uma nota de rodapé nossa, e The Night Of, Atlanta e Quarry passaram-nos ao lado. O mesmo pode acontecer na lista abaixo apresentada - vários projectos que já estejam em produção e só conheçam a luz do dia no final do ano podem ainda estar guardados em segredo, e alguns destes programas (Maniac e Sharp Objects são bons exemplos disso) podem perfeitamente só estrear em 2018. Afinal, Taboo e The Deuce repetem a sua presença entre os nossos escolhidos, acabando por só estrear neste novo ano depois de os anunciarmos como potenciais séries de 2016.
    O novo ano parece ter tudo para ser épico a nível de Cinema, mas nas séries o panorama também está forte. Basta pensar que para além das renovações habituais, há ainda o regresso de Twin Peaks, e grandes séries que pararam um ano como Fargo e Rick and Morty voltam também.
    Em 25 séries, é evidente uma guerra a três: Netflix, FX e HBO. No entanto, o potencial da Netflix é diferente este ano, com 11 séries interessantes prestes a sair do seu forno criativo.
    Basicamente, os 25 nomes que apresentamos abaixo poderão não corresponder às expectativas, mas por diferentes razões parecem-nos, de acordo com o vosso gosto pessoal, mais ou menos merecedores no mínimo de uma oportunidade, da visualização do respectivo piloto.  

1. Taboo (BBC One, FX) (Trailer)
Criado por: Steven Knight (Peaky BlindersLocke), Tom Hardy, Chips Hardy
Elenco: Tom Hardy, Oona Chaplin, David Hayman, Michael Kelly, Jonathan Pryce, Leo Bill
8 Episódios - Estreia: 10 de Janeiro

    A série criada por Tom Hardy e pelo seu pai, Chips Hardy, que não hesitaram em chamar o brilhante Steven Knight para dar o seu cunho, esteve para estrear em 2016 mas acabou por passar para este ano.
    Se no Reino Unido será transmitida na BBC One, no exterior o FX garantiu os direitos da série, conseguindo um quareto forte para 2017 (Taboo, Legion, Snowfall e Feud). Tom Hardy será o aventureiro James Delaney, um homem que regressa a casa depois de uma estadia em África, sedento de vingança e quando muitos já o julgavam morto. Curioso o certo paralelismo poético entre a sua personagem e a de DiCaprio em The Revenant, estando Hardy acompanhado por bastante talento (nomeadamente, Jonathan Pryce e Oona Chaplin, ambos ex-Game of Thrones, e Michael Kelly, de House of Cards).
    Os 8 episódios ficarão a cargo de 2 realizadores escandinavos - Kristoffer Nyholm e Anders Engström -, realizando meia temporada cada um, e a série já originou alguma polémica graças à forma como estará retratada a East India Company (EIC).

2. The Punisher (Netflix)
Criado por: Steve Lightfoot
Elenco: Jon Bernthal, Ben Barnes, Ebon Moss-Bachrach, Amber Rose Revah, Deborah Ann Woll
13 Episódios

    Embora a Marvel tenha um registo muito interessante no casting dos seus heróis e vilões para o cada-vez-maior universo cinemático, é difícil encontrar uma escolha tão acertada como Jon Bernthal como Punisher. O anti-herói foi uma das melhores personagens novas da Televisão em 2016, os melhores episódios da 2.ª temporada de Daredevil foram aqueles que contaram com a sua presença, e por isso a Netflix não hesitou em dar-lhe um palco só seu.
    Com Iron Fist e a reunião The Defenders também em 2017, a fusão Marvel-Netflix mais esperada no entanto é mesmo a primeira temporada de Frank Castle como protagonista. Bernthal merece-o e de que maneira, e Ben Barnes (Westworld) é um dos sintomas de que Punisher estará rodeado por actores com a energia certa.

3. Mindhunter (Netflix)
Criado por: Joe Penhall
Elenco: Jonathan Groff, Holt McCallany, Anna Torv, Cotter Smith

    Produzido por David Fincher e Charlize Theron. Chega? Uma das apostas fortes da Netflix baseia-se no livro Mind Hunter: Inside FBI's Elite Serial Crime Unit de Mark Olshaker e John E. Douglas, e decorrerá em 1979, com dois agentes - interpretados por Jonathan Groff (Looking) e Holt McCallany - a interrogarem serial-killers presos com o intuito de resolverem casos por fechar.
    A ligação de Fincher ao projecto é suficiente para acharmos que pode estar aqui um tesouro e um novo True Detective, e espera-se algo como um thriller negro e asfixiante e não uma série de procedimento como a descrição poderia sugerir. Anna Torv é também um nome positivo no elenco.

4. Maniac (Netflix)
Criado por: Cary Fukunaga (True Detective, Beasts of No Nation)
Elenco: Jonah Hill, Emma Stone

    Temos dúvidas que consiga ir para o ar em 2017, sendo bastante provável que acabe por transitar para 2018, mas é bom demais para não ser referido. Cary Fukunaga, depois de realizar a primeira temporada de True Detective e dar à Netflix a sua melhor longa-metragem original (Beasts of No Nation) volta a colaborar com o colosso do streaming numa comédia baseada numa série norueguesa.
    Jonah Hill e Emma Stone são os protagonistas, com Hill a dar corpo a um homem que vive uma vida de fantasia nos seus sonhos, estando na realidade internado num hospital psiquiátrico. 

5. Legion (FX) (Trailer)
Criado por: Noah Hawley (Fargo)
Elenco: Dan Stevens, Rachel Keller, Jean Smart, Aubrey Plaza, Hamish Linklater, Bill Irwin
8 Episódios - Estreia: 8 de Fevereiro

    Nem só de Netflix se faz a vida dos super-heróis da Marvel. O FX não pára de tomar decisões acertadas, reinventando o seu menú de séries (quem acredita e aposta em Atlanta, de Donald Glover, merece tudo de bom) e a nova chama-se Legion.
    Criada por Noah Hawley - parte crucial na fé que depositamos nesta série, depois da impressionante regularidade de Fargo -, a série acompanha David Haller (Dan Stevens, num papel exigente e promissor), o filho mutante do professor X, a quem foi diagnosticada esquizofrenia.
    Espera-se um caos, mas um caos que pode ser uma tempestade perfeita. O elenco leva a crer isso mesmo, podendo estar aqui uma das boas surpresas de 2017.

6. Sharp Objects (HBO)
Criado por: Marti Noxon, Gillian Flynn
Elenco: Amy Adams
8 Episódios

    Tal como Maniac (4), Sharp Objects está bastante atrasado na sua produção, e pode só surgir na grelha da HBO em 2018. No entanto, surja quando surgir, tem que ser visto! O romance de Gillian Flynn terá Amy Adams (pós-valorização dada por Arrival e Nocturnal Animals) como Camille Preaker e Jean-Marc Vallée como realizador de todos os 8 episódios.

7. Ozark (Netflix)
Criado por: Bill Bubuque (The JudgeThe Accountant)
Elenco: Jason Bateman, Laura Linney, Julia Garner
10 Episódios

    Será Jason Bateman o novo Bryan Cranston? Passamos a explicar. O actor, invariavelmente ligado a Arrested Development e a papéis cómicos na sua maioria, terá em Ozark uma excelente oportunidade para demonstrar o seu outro lado. A série da Netflix, realizada também por Bateman, tê-lo-á no centro como um consultor financeiro que se vê obrigado a mudar de casa e a pagar uma dívida a um chefe de um cartel de droga. Os ingredientes estão lá para que seja uma espécie de Breaking Bad, falta verificar se há originalidade, personagens e uma voz suficientemente distintivos para que Ozark se coloque no mapa com estrondo e saiba respeitar influências e não copiá-las.

8. Cormoran Strike (BBC One)
Criado por:
Elenco: Tom Burke, Holliday Grainger
3 Episódios

    As histórias escritas por J. K. Rowling sob o seu pseudónimo Robert Galbraith chegam ao pequeno ecrã através da BBC One. Tom Burke será Cormoran Blue Strike, acompanhado por Holliday Grainger como Robin.
    Os 3 livros, The Cuckoo's Calling, The Silkworm e Career of Evil devem servir de divisão para 3 temporadas, pelo que em 2017 devemos ter apenas o primeiro livro dividido em 3 episódios de uma hora. À la Sherlock.

9. Snowfall (FX)
Criado por: John Singleton (Boyz n the Hood), Eric Amadio
Elenco: Damson Idris, Sergio Peris-Mencheta, Carter Hudson, Emily Rios, Billy Magnussen, DeRay Davis
10 Episódios

    A epidemia e o consumo crescente de cocaína em 1980 será o pano de fundo para Snowfall acompanhar 4 personagens-chave: um jovem traficante, um wrestler mexicano, um agente da CIA e a filha de um líder de um cartel. A maioria dos nomes envolvidos são desconhecidos, mas temos um bom feeling, conjugado com a crescente valorização do selo FX.

10. Godless (Netflix)
Criado por: Scott Frank (Minority ReportThe Lookout), Steven Soderbergh
Elenco: Jack O'Connell, Jeff Daniels, Michelle Dockery, Scoot McNairy, Merritt Wever, Thomas Brodie-Sangster, Sam Waterson, Kim Coates
6 Episódios

    Com premissas e execuções absolutamente diferentes, Westworld e Hell or High Water são exemplos recentes, na televisão e no cinema, de que o género western ainda tem vida e adeptos. Ora, Godless, da Netflix, terá no Novo México numa cidade só com mulheres uma perseguição entre mestre e aprendiz. Jeff Daniels e Jack O'Connell lideram a série, recheada de actores e actrizes adequados.

11. Guerrilla (Showtime, Sky)
Criado por: John Ridley (12 Years a Slave)
Elenco: Idris Elba, Babou Ceesay, Freida Pinto, Rory Kinnear, Daniel Mays
6 Episódios

    Idris Elba. Duas palavras que chegam para nos fazer ver qualquer série na televisão. Houve The Wire, houve e há Luther, e agora a mini-série Guerrilla. Juntem-lhe agora John Ridley, o argumentista de 12 Years a Slave e têm-nos na primeira fila.

12. The Deuce (HBO)
Criado por: David Simon (The Wire), George Pelecanos
Elenco: James Franco, Maggie Gyllenhaal, Emily Meade, Lawrence Gilliard Jr., Margarita Levieva, Gary Carr, Dominique Fishback, Zoe Kazan
8 Episódios

    Pelo segundo ano consecutivo, tal como Taboo, colocamos aqui a série de David Simon, certos agora de que a sua estreia será em 2017. Se no caso da série de Tom Hardy a espera deixou-nos mais confiantes, colocando-a acima do ano passado, com The Deuce acontece o oposto. Simon abordará o crescimento da pornografia e prostituição em Nova Iorque, com James Franco (a interpretar dois gémeos) e várias caras conhecidas, e esperam-se ligações à máfia e aquele olhar social e realista que só David Simon consegue oferecer.

13. The Handmaid's Tale (Hulu)
Criado por: Bruce Miller
Elenco: Elisabeth Moss, Samira Wiley, Joseph Fiennes, Ann Dowd, Yvonne Strahovski, Madeline Brewer, Max Minghella
10 Episódios - Estreia: 26 de Abril

    A adaptação da obra de Margaret Atwood é a aposta forte da Hulu para se colocar nas bocas do mundo. Pensámos que isso aconteceria com The Path, mas não, e é agora com Elisabeth Moss (Mad Men) a liderar um elenco com muitíssimo talento envolvido - Samira Wiley de Orange is the New Black e Ann Dowd de The Leftovers são apenas 2 exemplos - que pode surgir a afirmação mundial do Hulu. Seja este um êxito indiscutível.

14. Feud (FX)
Criado por: Ryan Murphy (American Horror StoryAmerican Crime Story)
Elenco: Jessica Lange, Susan Sarandon, Alfred Molina, Sarah Paulson, Stanley Tucci, Catherine Zeta-Jones, Kathy Bates
8 Episódios

    Mais um formato Ryan Murphy. Depois de American Horror Story e American Crime Story, o génio louco dedica-se agora a uma nova antologia com disputas famosas - a primeira temporada terá Joan Crawford (Jessica Lange) versus Bette Davis (Susan Sarandon) durante a produção de What Ever Happened to Baby Jane?

15. G.L.O.W. (Netflix)
Criado por: Jenji Kohan (Orange is the New Black)
Elenco: Alison Brie, Betty Gilpin, Marc Maron, Britney Young, Sydelle Noel, Kim Gatewood, Britt Baron
10 Episódios

    Alison Brie e wrestling feminino parece uma conjugação engraçada e improvável. No entanto, acontecerá. A Netflix vira-se para as Gorgeous Ladies of Wrestling, e quem melhor do que Jenji Kohan para criar um universo repleto de personagens femininas fortes e com actrizes na sua maioria desconhecidas...

16. Gipsy (Netflix)
Criado por: Lisa Rubin
Elenco: Naomi Watts, Billy Crudup, Sophie Cookson, Poorna Jagannathan, Lucy Boynton, Melanie Liburd
10 Episódios

    Numa estreia da argumentista Lisa Rubin pela porta grande (a primeira coisa que escreve segue direitinha para a grelha Netflix), Gipsy segue Naomi Watts como uma terapeuta que se envolve demais e de forma perigosa com pessoas da vida dos seus pacientes. Crudup será o marido, há novos valores como Sophie Cookson e Lucy Boynton, e só estamos relutantes mediante o envolvimento de Sam Taylor-Johnson na realização dos 2 primeiros episódios.

17. Iron Fist (Netflix) (Trailer)
Criado por: Scott Buck
Elenco: Finn Jones, Jessica Stroup, David Wenham, Jessica Henwick, Tom Pelphrey, Rosario Dawson
13 Episódios - Estreia: 17 de Março

    Daredevil já teve o seu momento. Jessica Jones e Luke Cage também. Agora é a vez de Iron Fist, personagem entregue ao Loras Tyrell de Game of Thrones.

18. American Gods (Starz) (Trailer)
Criado por: Bryan Fuller (Hannibal), Michael Green
Elenco: Ricky Whittle, Ian McShane, Emily Browning, Pablo Schreiber, Peter Stormare, Gillian Anderson
10 Episódios

    Esteve para ser uma série HBO, mas acabou na Starz. A obra de Neil Gaiman, capaz de conjugar a actualidade com muita mitologia, obriga a uma produção ambiciosa. Veremos se a Starz está à altura do desafio.

19. The Defenders (Netflix) (Trailer)
Criado por: Douglas Petrie, Marco Ramirez
Elenco: Charlie Cox, Krysten Ritter, Mike Colter, Finn Jones, Sigourney Weaver
8 Episódios
    
    Depois de Iron Fist ter direito ao seu tempo de antena, surgirá mais tarde a reunião mais esperada desde os Avengers. Escusado será dizer que entrarão também os coadjuvantes de cada um destes heróis nas suas séries individuais.

20. Altered Carbon (Netflix)
Criado por: Laeta Kalogridis
Elenco: Joel Kinnaman, Renée Elise Goldsberry, James Purefoy
10 Episódios

    Num futuro a 500 anos de distância, a personalidade tornou-se passível de ser guardada e carregada num novo corpo após a morte. Dentro da onda Blade Runner ou algo cyberpunk, Joel Kinnaman será Takeshi Kovacs, contratado por um homem rico que quer perceber o que aconteceu nas últimas 48 horas antes da sua morte.

21. Big Little Lies (HBO) (Trailer)
Criado por: David E. Kelley
Elenco: Reese Whiterspoon, Nicole Kidman, Shailene Woodley, Laura Dern, Alexander Skarsgard, Adam Scott, Ian Armitage, Zoë Kravitz
7 Episódios

    Antes de se virar para Sharp Objects, Jean-Marc Vallée realiza primeiro os 7 episódios de Big Little Lies, orientando um elenco com Whiterspoon, Kidman, Woodley e Dern. Não parece o nosso género de série, mas não negamos que possa ser um sucesso.

22. I'm Dying Up Here (Showtime)
Criado por: Jim Carrey
Elenco: Melissa Leo, Ronald Cyler II, Ari Graynor, Michael Angarano, Clark Duke, Sebastian Stan, Alfred Molina

    E de repente Jim Carrey quis fazer uma série sobre os bastidores do mundo do stand-up nos anos 70. A série da Showtime baseia-se na obra homónima de William Knoedelseder, e Carrey terá em David Flebotte e Jonathan Levine os homens fortes do projecto e Melissa Leo como lead.

23. A Series of Unfortunate Events (Netflix) (Trailer)
Criado por: Mark Hudis
Elenco: Neil Patrick Harris, Malina Weissman, Louis Hynes, Patrick Warburton, Joan Cusack, Aasif Mandvi, Catherine O'Hara, Alfre Woodard
8 Episódios - Estreia: 13 de Janeiro

    Estreia daqui a 11 dias e promete ser mais uma aposta de sucesso da Netflix. O mundo de Lemony Snicket parece apropriado para ser revisitado numa série, e veremos como Neil Patrick Harris se sai sucedendo a Jim Carrey.

24. Room 104 (HBO)
Criado por: Jay Duplass, Mark Duplass (Togetherness)

    Ainda há pouco divulgado, mas a HBO já confirmou que os irmãos Duplass terão nova série. Desta vez, Room 104 propõe-se como antologia, seguindo a vida de quem passa pelo quarto de hotel indicado no título.

25. I Love Dick (Amazon) (Trailer)
Criado por: Jill Soloway (Transparent)
Elenco: Kathryn Hahn, Kevn Bacon, Griffin Dunne

    A criadora de Transparent tem uma nova prenda para a Amazon e o nome não podia ser melhor. Dick é Kevin Bacon, já agora.




Para além destas 25 novidades, temos grande curiosidade para ver como volta Twin Peaks, que não colocamos acima por não ser propriamente um conceito novo mas sim uma repescagem muito aguardada, conseguida pelo Showtime.
    Dear White People será adaptado ao pequeno ecrã (infelizmente sem Tessa Thompson), Shots Fired e 13 Reasons Why parecem projectos com pernas para andar, bem como Alias Grace e She's Gotta Have It, esta última de Spike Lee. Haverá ainda a comédia Friends from College, com Keegan-Michael Key e Cobie Smulders, Barry com Bill Hader, e a mini-série When We Rise.
    
    Na Animação, a nossa grande aposta é Watership Down, em tom dramático e com vozes de James McAvoy, Nicholas Hoult, John Boyega, Gemma Artenton, Ben Kingsley, Olivia Colman e Daniel Kaluuya. Na animação-comédia Big Mouth parece ter qualidade.
    Há ainda The Terror, da AMC, Santa Clarita Diet da Netflix com Drew Barrymore e Timothy Olyphant. Mas acreditem, hão-de nos estar pelo menos a faltar uma ou duas bombas que em Dezembro próximo estarão no nosso Top-10 de novas séries 2017.

0 comentários:

Enviar um comentário